terça-feira, 16 de junho de 2015

PIRATAS DA SOMÁLIA

OS PIRATAS DA SOMÁLIA
Pr. Érico Rodolpho Bussinger
Reportagens interessantes têm sido feitas a respeito do tema. E na INTERNET – YOUTUBE há muitas imagens a respeito desses modernos piratas, que nas costas daquele país atacam navios mercantes, bem como são atacados por navios de guerra das grandes potências. O que isso significa para nós, no entendimento do mundo à luz da Bíblia?
Pelas reportagens, nós verificamos alguns aspectos claros e objetivos:
1) A Somália é um país que tem uma posição estratégica. Localizada no chamado chifre da África, controla grande parte da entrada do Golfo de Aden, a entrada para o Mar Vermelho e vários países árabes. Passando pela costa da Somália circulam milhares de navios todos os anos e 10% de todo o comércio mundial, incluindo grande parte da produção de petróleo.
2) A Somália é um país muito pobre, com uma população basicamente inculta, sem unidade étnica e nos últimos anos sem um governo forte. Por muitos anos os EUA influenciaram um governo ditatorial, que caiu em 1991. De lá para cá o país está dividido.
3) As grandes potências(em especial Espanha e Itália) despacham para as costas da Somália 800 navios pesqueiros, que pescam o que querem, totalmente sem lei. Grande parte do atum comercializado no mundo vem dali. Além disso, o país tem sido o destino final de muito lixo atômico, radioativo e contaminante. Esse material é acondicionado em grandes reservatórios de aço que são afundados nas costas desse país. Há a impressão de que as grandes potências têm interesse em que esse país permaneça sem um governo forte, para que continue a ser “lixo do mundo”.
4) Ultimamente tem-se desenvolvido na Somália a organização de grupos nacionalistas, para atuar de forma a intimidar esse mercado exploratório das grandes potências. Como modernos piratas, eles atacam navios mercantes, como são atacados pelos navios de guerra das grandes potências. Essa atividade pirata tem sido alvo de preocupação das grandes potências, que continuam a desejar um caminho seguro para seu comércio e seus lucros.
5) Como a maioria da população do país (70%) vê com simpatia essa atividade pirata, torna-se muito fácil isso influenciar o governo e deixar se alojar nele grupos guerrilheiros e terroristas.
6) As grandes potências, que precisam atualizar suas armas e gastar as munições mais velhas, até gostam dessa atividade de querer policiar o mundo. E é o que estão fazendo. Basicamente são nações que apóiam uma missão “pacificadora” de um anti-Cristo. Eles estão desenvolvendo navios mais modernos, armas mais apropriadas e principalmente desenvolvendo soldados experimentados nisso. E para eles nada melhor do que esse treino de atirar em “piratas”, como assim eles os consideram.
7) A Rússia, não querendo ficar “de fora” dessa ciranda, uma vez que também precisa da experiência de guerra, lá está também, treinando guerra contra os modernos “piratas”.
8) Interessante também é notar que há levas infindáveis de somalis fugindo da Somália para em desespero buscar refúgio na Europa.
Como podemos perceber, há uma situação internacional não resolvida e que parece não ter solução a curto prazo. A grande mídia(controlada pelas grandes potências) de propósito não noticia sobre isso. Mas a situação apavora as grandes potências. E com toda certeza, vai ser um prato feito para a plataforma de um “político” amante da “paz” se projetar. Conflitos como esse, que se espalham pelo mundo (como nos países que os EUA têm desestabilizado - Líbia, Afeganistão, Iraque, Egito, Síria, etc.) vão se tornando o grande desafio para que um grande líder consiga resolver . O anti-Cristo será exatamente aquele que enfrentará esses desafios, trazendo acordos de paz que estabilizem o mundo para as grandes potências. O uso da força vai ser totalmente aprovado pela população, como agora parece que a opinião pública está totalmente a favor de que se combatam esses “piratas”.
No meu entender, pirata será no futuro todo aquele que questionar a “ordem mundial”. O que já está acontecendo. Como se pode notar, esse futuro já está bastante próximo. O pastor Robert Jeffress, da PIB de Dallas, a grande “Catedral Batista” do mundo, disse que “Obama está levando o mundo para o reinado do anti-Cristo”. E isso por causa de líderes cristãos, que segundo ele, estão se omitindo.
E o mundo continua em marcha...
É orar e se preparar!