quarta-feira, 17 de junho de 2015

A CORDA APERTA... MAS DEUS SEMPRE AGE

A CORDA APERTA... MAS DEUS SEMPRE AGE
Pr.Érico Rodolpho Bussinger
ACAMPAMENTO DE JOVENS 2011

Como tem acontecido nos últimos anos, temos realizado, no feriado de “Corpus Christi”, que cai numa 5ª.f o nosso Acampamento de Jovens. Isso nos dá a oportunidade de se enforcar a 6ª.f e criar assim um “feriadão”. Com 4 dias de duração pode-se realizar um acampamento com muita programação social e esportiva, além da parte espiritual, que para nós é sempre a mais importante. Nosso desejo é sempre levar o maior número possível de jovens, evangelizar os ainda não decididos pelo Senhor, fortalecer os fracos e alimentar e aperfeiçoar os mais espirituais, visando torná-los mais aptos a serem líderes para ganhar e liderar outros jovens também.
De experiência própria, sei o quanto é difícil “animar” os jovens, quando são poucos em número. Parece que a lógica do mundo está impregnada na mente dos jovens: “se não fez sucesso é porque não é bom”. Se não houve muitos jovens, não foi sucesso. Difícil é TRABALHAR COM POUCOS. Criar um modelo, formar um grupo de jovens unidos, vivendo dentro de um padrão de santidade, para serem exemplo para os demais. Chegando assim a um grupo de 30 jovens, com facilidade se chega aos 300. E é aí que reside a questão: Com que grau de santidade esses 300 jovens viverão? Sabemos também que, se as primícias da massa não forem santas, não haverá como fazê-las santas depois que a massa “fermentou”. O padrão deve começar santo desde o princípio, ou seja, aplicável aos primeiros jovens, antes do grupo crescer.
Em nossos acampamentos já chegamos ao número médio de 100 jovens. Com os líderes e adultos ajudantes, o número é ainda maior. Foram neste ano cerca de 15 batizados nas águas, muitos no Espírito Santo, vários retornando aos caminhos do Senhor e também vários se decidindo pelo Senhor. É fato reconhecido que nós não temos formado líderes o suficiente para orientar e direcionar tantos jovens. Além do mais, são tantos os jovens que não podem ir ao acampamento, que seu número sempre supera o dos que vão. A nossa limitação é grande.
A cada vez que fazemos um acampamento de jovens, temos tanto que pedir ao Senhor, que nos sentimos pequenininhos. E é onde Deus sempre se mostra benigno para conosco. Os milagres que Ele faz para que o sucesso do acampamento ocorra são sempre marcantes. E quando se chega ao seu final, eu posso respirar aliviado e dizer: “Até aqui nos ajudou o Senhor e por isso estamos alegres”. A realização do “Culto ao redor da fogueira” foi uma marca na vida de muitos jovens. E no sábado, após os batismos, a ida à praça central da cidade para uma concentração evangelística foi linda. Belo exercício de mobilização. O objetivo era que todos os jovens tivessem alguma experiência evangelística com os de fora. Não só isso ocorreu, como os adultos também praticaram. Foi uma proclamação linda. Muita gente na praça. A gente vai ganhando experiência e os decididos foram cerca de 30 pessoas de fora.
No culto de encerramento, domingo, o Senhor visitou os jovens e os irmãos da localidade também. Batizou no ES e renovou dons. Aleluia! Só mesmo o Senhor.
E mais uma vez eu volto maravilhado com esse meu Deus. É lindo! Alegre-se, pois comigo também. E vamos prosseguir. Tem mais pela frente.