terça-feira, 16 de junho de 2015

O DIABO, O MUNDO e a INTERNET

ÚLTIMOS DIAS?
PR.Érico Rodolpho Bussinger

Eu creio mesmo que estamos vivendo os últimos dias. A Terra geme! Em todas as áreas da vida e da sociedade os problemas se multiplicam rapidamente. A Tecnologia já tornou obsoletos muitos objetos como a máquina de escrever, o toca-discos e...talvez até os livros. A Enciclopédia Britânica, o maior símbolo da página impressa em nosso tempo, depois de 244 anos de existência e novas edições, por fim parou de ser editada. Seus 130 kg de livros não são mais necessários. Pela INTERNET tudo é mais fácil e mais rápido.

Há o problema também de que, através da INTERNET, os relacionamentos se tornam facilmente descartáveis. Através dela até o tímido se expõe e pode até ficar nu. Escondidos atrás de um nome falso as pessoas têm coragem de dizer na INTERNET e fazer coisas incríveis que antes eram vergonhosas. À semelhança do Carnaval, criam coragem para o pecado! E que coragem! Através da INTERNET, o fraco se sente forte...Mas para o pecado. Os juízes têm coragem de julgar a favor do pecado. Os governantes, premidos, cedem à pregação liberal e sem limites. A INTERNET é uma terra-sem-lei. E cada vez mais influenciando a vida real. Apesar de se dizer que lá a coisa é virtual.

Será que Deus faz separação entre o pecado real, praticado e o pecado apenas virtual? No Antigo Testamento podemos dizer que, didaticamente, Deus determinou que fossem punidos somente os pecados “comprovados”. Só na intenção não se pecava. Ou não se punia. No Novo Testamento o Senhor Jesus estendeu esse conceito para a intenção: o só olhar com desejos pecaminosos já era pecado. Só o olhar. E o que é que as pessoas fazem na tela da INTERNET?

A INTERNET veio para ficar. Verdadeiramente não há limites (Gn.11:6). Estatísticas revelam a quantidade enorme de casamentos que são concretizados através da INTERNET. Muito mais, porém, as separações. A “educação sexual” das crianças hoje é dada através dela. Quando os pais pensarem em falar de sexo para seus filhos, eles já viram (e que mais fizeram?) muitas vezes antes. Antes do diálogo com os pais e da boa orientação sexual o diabo já terá colocado na cabeça das crianças, de forma bem forte, as bases do homossexualismo. Os relacionamentos familiares, que já foram bastante solapados pela Televisão, agora recebem o tiro de misericórdia com a INTERNET. Viver debaixo de um mesmo teto será questão meramente circunstancial. Cada um, através da INTERNET, vive a “sua vida”. E mesmo o conceito de família já estará sendo mudado nas leis do país. Será nada mais que um “núcleo.” Como tantos outros.

E nós nisso tudo, como ficamos? E a pregação do Evangelho, de que se aproveita com todo esse quadro? O diabo vai sempre à frente neste mundo. Enquanto se gera na INTERNET uma matéria evangelística e moralmente educativa o diabo já gerou 1.000 outras pornográficas e degenerativas. É uma avalanche de espinhos que vai sufocando as fracas plantinhas evangélicas.

É claro que somos pequenos e não podemos influenciar esse “curso do mundo.” ou mudar a INTERNET. Nem devemos querer tentá-lo. Veja, na INTERNET, uma matéria boa e quantas aprovações recebe, em comparação com as demais, que são degenerativas. No entanto, devemos nos lembrar do Senhor Jesus: Nós continuamos a ser o “sal da terra”. Nossa influência não deve focalizar nunca a mudança dos rumos do mundo. Esses rumos são dele. A INTERNET, por exemplo,. A nossa influência deve focalizar as pessoas ao nosso redor e crer que pelo Espírito Santo, milagres poderão ser feitos e atingir muitos outros. Não será nunca pela quantidade que vamos influenciar, mas pelo poder do Espírito Santo em nós (Zac.4:6). Por isso Ele foi derramado.

Minha sugestão é que: O MESMO TEMPO QUE VOCÊ GASTAR NA INTERNET GASTE-O TAMBÉM EM ORAÇÃO. Quando você colocar alguma coisa por lá a unção de Deus vai fazer isso caminhar. Você crê que Deus pode fazer esse milagre?

Paz!