terça-feira, 30 de junho de 2015

Pregação com Vida - Qual é o segredo da pregação Eficaz



Qual o segredo da pregação eficaz?
Russel P. Shedd

Todos nós que tentamos pregar a Palavra queremos que a Palavra alcance o coração. 
Que nós nos mantivermos no que é importante, com a coisa mais importante. Isto é, a Palavra [que] comove. Que chegue a levar as pessoas a se comprometer com Deus. 

Por isso, é necessário que a Palavra seja realmente enraizada em Deus, que haja uma sintonia entre o coração do pregador e o coração de Deus. 

Eu soube que Charles Meisner uma vez tentou explicar por quê Albert Einstein não gostava de ouvir pregações. 
Não é porque ele [A. Einstein] não tinha assim um grande respeito ao Senhor, criador do Universo. Mas, ele achava que quando ele ouvia pregadores, que eles blasfemavam.

A razão segundo Meisner, é que ele [A. Einstein] pensava que aqueles pregadores não tinham um respeito necessário pelo Deus do Universo. Não tinham reconhecido a majestade e grandeza de um Deus tão poderoso como um Deus que criou trilhões e trilhões de estrelas e que fez o mundo tão maravilhoso como o nosso. 

Pregar do coração para o coração é o essencial, segundo William Pen, aquele que deu o seu nome ao Estado de Pensilvânia. 
Aquilo que não sai de uma consciência viva não alcança a consciência daquele que está ouvindo. Assim, a pregação precisa ser mais de coração do que de cabeça. 

Alias, eu tenho aqui uma citação do Robert Murrey M´Cheyne: "Não são grande talentos que Deus se empenha em abençoar, mas a grande semelhança a Jesus. Um pregador santo é uma arma terrível na mão de Deus." 

Alias, Robert Murrey M´Cheyne, que lá na terra da Escócia foi tão usado por Deus, confessou que numa manhã ele tinha dado mais atenção à sua cabeça que ao seu coração, e disse que até frequentemente esse foi seu problema. 

Ele disse "que Deus o perdoe e que ele possa realmente concentrar em colocar o seu coração em sintonia e harmonia com Deus. Engrandece Oh! Deus o meu coração para que eu possa pregar a tua Palavra."

O sermão que não tem coração, mas tem mais cabeça, muitas vezes pode impressionar a cabeça dos ouvintes, mas realmente não comove o próprio coração [do ouvinte]. 


Então, para pregar eficazmente, meu caro pregador, prepare seu coração, de joelhos, orando sobre cada palavra, sobre cada frase, colocando o seu coração diante do Senhor para que o Espirito Santo encha a sua vida e com certeza sua pregação será muito eficaz.