quarta-feira, 17 de junho de 2015

A POSIÇÃO E O ESTADO DO CRISTÃO

A POSIÇÃO E O ESTADO DO CRISTÃO
Pr. Érico R. Bussinger
Há uma conceituação necessária de ser entendida por cada cristão, visando uma melhor postura aqui na terra, como testemunho junto aos demais: É o conceito de POSIÇÃO e de ESTADO do cristão.
Quando uma pessoa crê em Deus (Jo.5:24), se converte e invoca o nome de Jesus (Rm.10:13) ela passa a ter a certeza da salvação, do perdão de seus pecados e é adotada por Deus como filho (a) (Rm.8:16). Na qualidade de filhos, somos também herdeiros de Deus e co-herdeiros com Jesus (Rm.8:17). Passamos a nos assentar com Jesus em lugares celestiais (Ef.2:6). Isso é a POSIÇÃO de um agora cristão. Adotado como FILHO, de posse das promessas de Deus, certo de que nada conseguirá separá-lo do amor de Cristo (Rm.8:35), ele vive como um cidadão do Céu.
Como se explica, então, todo o sofrimento e privações que um cristão sofre aqui na Terra? É o seu ESTADO momentâneo. Dono das mais ricas promessas, amado por Deus, tendo intimidade com Ele, assentado com Ele em lugares celestiais, no entanto é continuamente enxovalhado pelos que estão à sua volta, zombado, ridicularizado, perseguido e humilhado. Será sua falta de fé?
Há cristãos que dizem não aceitar a privação aqui na Terra e que Deus não quer que ele sofra. E se ele sofre é tão somente por sua falta de fé. Mas é evidente que as Escrituras Sagradas não dão suporte a esse conceito. Em todo o Novo Testamento o sofrer pelo nome do Senhor é considerado uma glória e redundará em galardão quando o Senhor Jesus voltar. Por enquanto, o cristão ao sofrer estará tendo um certificado de aprovação espiritual e semelhança com Jesus. Ele deve considerar o sofrer por Jesus como um privilégio (Fl.1:29 e At.5:41).
Ninguém deve procurar o sofrimento em si, mas a fidelidade a Deus. E a vida piedosa e fiel a Deus acarretará irremediavelmente o sofrimento (2Tm.3:12). Com isso o cristão se candidata inclusive à “galeria dos heróis da Fé”- Heb.11. Ser injustiçado, caluniado e perseguido passa a ser considerado um privilégio para o cristão (Mt.5:11). Inclusive, se ele for espiritual, o passar por tribulações será até considerado motivo de alegria para ele (Tg.1:2,12). A fórmula “o quanto mais o cristão sofrer aqui na Terra, maior será o seu galardão no Céu” é então bem bíblica. Galardão é uma compensação futura pelo que a pessoa sofreu aqui na Terra.
Entenda então porquê um FILHO de Deus (a sua POSIÇÃO), de posse das maiores promessas de Deus, pode viver uma vida tão humilhada aqui na Terra (o seu ESTADO), perseguido e atribulado. Basta olhar para Jesus, o Filho de Deus, aqui na Terra.
Conclusão: A nossa situação agora, aqui na Terra, a nossa prosperidade (que é o nosso ESTADO) não indica de forma alguma a nossa POSIÇÃO perante Deus, como FILHOS.
Você conhece alguém que prega diferente, enfatizando o melhorar o ESTADO do cristão agora, ao invés de enfatizar a sua POSIÇÃO espiritual, esta sim, motivo de glória quando da volta de Jesus?