terça-feira, 16 de junho de 2015

DEUS NAS ELEIÇÕES DOS EUA

P.S. Após escrever o comentário abaixo e receber várias contribuições, esclareço a minha opinião, após a conclusão ao final: Será que dei a impressão de que eu apoiava o candidato mórmon conservador Romney? Na verdade, nem Deus.
Uma das conclusões do assunto é que Deus agiu para romper a idéia de que o Partido Republicano era o melhor e apoiado por Ele. Os evangélicos americanos vão ter que entender daqui por diante que a obra de Deus lá no seu país não é o mesmo que defender o Partido Republicano... Sds.
QUEM VENCEU AS ELEIÇÕES NOS EUA?
Pr. Érico Rodolpho Bussinger
Normalmente, devido à pujança econômica dos EUA, as suas eleições presidenciais despertam muito interesse e acompanhamento no restante do mundo. Por que?
Nas eleições de 2012 estiveram se enfrentando, de forma muito equilibrada, os dois tradicionais partidos, Republicano, conservador e Democrata, mais liberal. O candidato democrata à reeleição, Barak Obama, em 4 anos de mandato, tentou impor mudanças no sistema americano de vida, sob pretexto de modernizar o país e fazê-lo caminhar na direção do restante do mundo. O candidato de oposição, Romney, coerente com seu partido, pregava o retorno do país às suas origens, defendendo valores conservadores, entre eles, os padrões tradicionais de moral e valores de família. Pelo outro lado Obama abrigava em sua campanha todas as idéias de modernidade, principalmente de valores de moral e família (como aborto, homossexualismo e assemelhados).
As campanhas foram bastante equilibradas, durante cerca de 1 ano. No entanto, nas últimas semanas, 2 fatores decidiram as eleições, em favor do atual presidente Obama, embora por pouca margem. Ou seja, o resultado poderia também ter sido o inverso.