terça-feira, 16 de junho de 2015

CRENTE ESPERTO NÃO ESPERA...CORRE ATRÁS

FAZER ACONTECER ou ESPERAR?
Pr.Érico Rodolpho Bussinger
Eu me lembro da letra de uma música popular que dizia: “quem sabe faz a hora, não espera acontecer”. Este pensamento é um convite à iniciativa nossa, à proação. E pelo visto, no verdadeiro engarrafamento de processos que há na Justiça do país, parece que o povo adotou mesmo essa filosofia. Ninguém quer esperar. E ninguém quer ser “bobo” em perderQuase todos querem “correr atrás” e tratar de garantir seus direitosCada qual deve saber o que quer.
A Bíblia nos ensina um outro modo de vida: É o entregar a Deus e esperar nEle. Ele é o nosso vingador ( Rm.12:19), o nosso advogado (1Jo.2:1), o nosso guarda e sentinela (Sl.121: 4,5). Deus passa a ser o nosso tudo, o responsável pelo que recebemos e quem nos dá tudo (Sl.37:5). O cristão é uma ovelha, um animal bobinho, em tudo dependente do seu pastor, Jesus. Ele não corre atrás. Ele espera...no Senhor! (não na Justiça humana ou no homem). É manso (Mt.5:5 ), leva numa face e dá a outra (Lc.6:29) e se alguém lhe tomar algo, ele deixa levar mais. Não briga, não se defende. Ele crê que tem quem o defenda.
Essa atitude que pela Bíblia Deus nos orienta a ter é totalmente contrária à tendência vigente no mundo. Em outras palavras, o crente vai viver sempre “nadando contra a correnteza” (do mundo). Enquanto os outros correm atrás, o crente aparentemente perde, por não defender o que “tem direito”. Aliás, existe uma teologia corrente em nossos dias que prega que o crente não pode ser bobo, tem que exigir o que é seu, mandar o diabo (ou será que é Deus?) restituir e mais ainda, “usar o direito que tem” de “abusar da graça”, ou seja, querer mais do que tem direito e pedi-lo com insistência e fé, na certeza de que Deus “tem que fazê-lo”. Essas pessoas crentes que assim pensam (e agem) não estão sendo ovelhas. De modo nenhum. Elas não tomam cruz nenhuma, pelo contrário. Elas não precisam se apertar para entrar pela porta estreita, porque a deles é larga. O número de crentes assim (nas igrejas que pregam isso) é muito grande. Elas aumentam em número rapidamente. De fato, as pessoas não querem esperar. Mas correm atrás. E até “exigem” de Deus como querem.
A sabedoria nos ensina a esperar. Até Salomão, experiente na sabedoria “debaixo do sol”, isto é, aplicável à vida aqui da terra (não pensando na eternidade), nos ensina a esperar. Esperar para botar a mão na herança (Pv.20:21); esperar pela vingança ou pela justiça (Pv.20:22); pela direção quanto ao caminho a seguir e pelas decisões (Pv.20: 24) e esperar para ganhar dinheiro (Pv.21:5), entre muitas outras recomendações, sempre na mesma direção.
Como se vê, quem quer ser ovelha e “esperar no Senhor” vai ser diferente de todos, inclusive dos “crentes espertos”. Mas vai ter a consciência limpa por estar obedecendo ao seu Senhor e seguindo os caminhos da sabedoria.
Qual é o seu caso? Está querendo você mesmo “fazer a sua hora”, correndo atrás, ou está esperando no Senhor, que tudo pode lhe dar, até “possuir a terra” (Sl.37:9)? Pense e responda para Ele.