terça-feira, 16 de junho de 2015

FILHO de QUEM? ou CRENTES a GRANEL?

FILHO de QUEM? Ou CRENTES a GRANEL? Pr.Érico R. Bussinger

Por que as pessoas valorizam o sobrenome de alguém? Que diferença faz na vida o sobrenome? E Deus, por que menciona tanto na Bíblia a genealogia de alguém, ou seja, de quem ela descende? Quando se quer xingar ou depreciar alguém, por que se diz “filho(a) de uma coisa ruim”.

É evidente que ninguém vive isoladamente neste mundo. Mas cada pessoa está inserida em um contexto, faz parte de um sistema ou de um grupo de pessoas. E é avaliada assim. Por exemplo, em uma empresa todos e cada um trabalham para o fim comum da empresa. Se esta for mal em seus resultados, todos os seus funcionários sofrerão. Da mesma sorte um time de futebol. Se o time vai mal, perde, é claro que todos os seus jogadores sofrerão as conseqüências. E se ganha, todos os jogadores são considerados campeões. Na vida espiritual é assim também. Deus nos vê como um corpo, do qual Ele é o cabeça. Se um membro sofre, todos sofrem com ele. Se um membro é honrado, todo o corpo é honrado também. Quando o Senhor Jesus voltar, para arrebatar a sua igreja, Ele não levará “crentes a granel”, mas subirão com Ele todos que estiverem ligados ao seu corpo.

Quando se quer identificar um crente e saber a qual estereótipo ele pertence, a gente pergunta: “de qual igreja você é membro ou faz parte”? Nós queremos ter uma idéia de quem é essa pessoa (um pentecostal, alguém do reteté, um batistão, um adventista, etc.). E na maior parte das vezes a gente acerta. Uma ovelha do pastor “tal” em geral tem as características dele. Nós expressamos em geral a “cara” de quem nos gerou. Ou do líder a quem estamos ligados. Por mais que você queira ter uma identidade distinta, você nunca conseguirá se desligar ou mesmo desligar a sua imagem do tronco do qual descende. Na política é assim. Não adianta mudar de partido. Não muda a cara. Na vida eclesiástica é assim também. Na vida profissional também. O seu currículo incluirá sempre a “cara” das empresas por onde você passou. Não adianta você querer se desligar. Em geral não conseguirá. Voce também sempre será identificado com o seu líder ou pastor.

Na Bíblia encontramos uma história interessante (1Sm.10:9-12): Quando Saul foi chamado por Deus, ele precisava do reconhecimento das pessoas. Como sua origem era de educação rude, Deus entendeu de o fazer estar ao lado dos profetas (“diga-me com quem andas e te direi quem és”). E as pessoas estranharam: “quem é o pai dele? Saul também agora entre os profetas?”. Deus queria que ele tivesse o reconhecimento de andar com alguém reconhecido e que portanto não estava despreparado para assumir o reino. Em cada tribo de Israel os líderes (príncipes ou principais) deveriam ser as pessoas descendentes dos tais. O sucessor ou o próximo rei deveria ser descendente do rei atual.

Em geral faz muita diferença no currículo de alguém onde essa pessoa estudou e se formou. Vale a pena estudar em uma boa escola.

Deus também manda que nos aperfeiçoemos e nos santifiquemos para sermos luz para o mundo e também nos manda que façamos discípulos à nossa imagem e semelhança (Mc.16:15,16 e 2 Tm.2:1,2). Portanto, à Sua imagem e semelhança. Se o líder escolhe os discípulos, o discípulo também pode escolher a quem seguir.

Em determinado lugar o teste que se faz a respeito do caráter de uma pessoa nova na área é o seguinte: Existem uns rapazes de má conduta e má fama na redondeza. Quando o novato “conhece” aqueles rapazes isso já dá uma idéia de quem ele é. É atraído pelo “seu” ambiente.

Normalmente se é atraído pelo caráter do seu líder. Você vai demonstrar ser o que ele é. Em conseqüência, você vai inevitavelmente ser julgado pela ligação que tem com aquela pessoa. Se ele é corrupto ou avarento, é assim que voce será conhecido (a).Portanto, veja com quem você anda.
Mas principalmente veja “de quem vocë é filho!” Examine a vida e a reputação (principalmente diante de Deus) daquela pessoa a quem vocë se submete espiritualmente, de quem você é discípulo.

Já que você não pode mudar a cabeça do seu líder, para escolher você, faça você uma boa escolha do seu líder!