quinta-feira, 30 de março de 2017

APRENDENDO (e errando) A FAZER DISCÍPULOS (após sê-lo de alguém)

DISCIPULADO -   

    FAZENDO "MEA CULPA" E APRENDENDO.
     Estou publicando experiências e conclusões tiradas por um irmão que tem se esforçado em aprender. Por exemplo, ele já verificou que ninguém nasce sabendo e que o discipulado é uma disciplina extremamente prática.
     Na verdade são os frutos e os resultados que irão mostrar nosso acerto.

     Leia:


MEU DISCÍPULO AMADO,      (Pr. Marcos Paulo)

Durante muito tempo me indaguei: "Por que temos perdido tantos discípulos?"

 Hoje um pouco mais amadurecido que ontem e um pouco menos que amanhã, tenho algumas respostas e são elas:

1) Tenho falhado no cuidado de alguns, mas Deus quer me tratar: "Ele quer que todos sejam salvos e venham a conhecer a verdade (1Timóteo 2:4 NTLH)."

2)Outros saem por falha própria, falta de sinceridade e escondem seus pecados enquanto podem (Sl 1:5); 

3) Descobri que ainda há aqueles, que desejam notoriedade, mensagem oposta ao que pregamos, ou seja, simplicidade e humildade de Cristo e dos discípulos;

4)Não temos prata, não temos ouro, mas infelizmente há alguns em nossos dias que andam atrás das riquezas: "Aquele que confia nas suas riquezas cairá, porém os honestos prosperarão como as folhagens (Provérbios 11:28 NTLH). "

5) O desobediente e o insubmisso, bem como o soberbo, têm tido uma característica marcante desta geração: "O orgulho leva a pessoa à destruição e a vaidade faz cair na desgraça (Provérbios 16:18 NTLH)."

6) Apenas o arrependimento genuíno e a confissão de pecados de todo coração seriam o remédio para converter essas pessoas em discípulos genuínos;

Com toda alegria e amor cuidamos dos discípulos, ensinando a conhecer, obedecer e seguir a JESUS, promovendo-os a líderes também (no estágio oportuno) para que gerem e cuidem de outros.

Em nossa missão devemos também visitar e buscar as OVELHAS PERDIDAS, bem como amarmos e nos prepararmos para receber os FILHOS PRÓDIGOS...

Ore e visite seus discípulos que estão afastados, cuide dos que estão ao seu lado, continue desejando ganhar novas almas, mas peça ao Senhor da Seara que envie ceifeiros para auxiliar.  Deus o abençoe.

                                          II

DISCIPULADO UM A UM


Então Jesus chegou perto deles e disse:  — Deus me deu todo o poder no céu e na terra.  Portanto, vão a todos os povos do mundo e façam com que sejam meus seguidores, batizando esses seguidores em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que tenho ordenado a vocês. E lembrem-se disto: Eu estou com vocês todos os dias, até o fim dos tempos. ' (Mateus 28:18-20 NTLH)

Discipular inclui:

1)Ensinar os discípulos a conhecerem Jesus;
2)Ensinar a obedecerem os ensinamentos de Jesus;
3)Ensinar a seguir a Jesus;
4)Ensinar a identificar a presença do Senhor Jesus e aguardar sua vinda até o fim;

O desejo de ser um pai ou uma mãe espiritual tem que ser de todos que nasceram em Cristo.

O pai (ou a mãe) ama, cuida, alimenta, protege, ensina, incentiva, motiva, prepara, torce, vibra, acompanha, disciplina, corrige, exorta e dá exemplo (Pv 22:6). 

A palavra que mais define fazer discípulos é: "TRANSMITIR A VIDA QUE TEMOS EM JESUS PARA NOSSO FILHO AMADO."

Você deve orar para Deus te dê pelo menos 1 vida para cuidar, de outra sorte, estará privado de ter a experiência maravilhosa de ter uma vida vitoriosa, por obedecer e viver o IDE de Jesus;

A propósito, alguém que NÃO nasceu em Cristo, não valoriza as verdades espirituais, e vive buscando as coisas terrenas, sua mente e coração estão impregnados pela glória deste mundo, ou seja, TER-SER-PRAZER-PODER;

Só gera discípulo quem é discípulo... "PENSE NISTO."

                                          III

IMPORTÂNCIA DO ANFITRIÃO NO DISCIPULADO

Quando começamos a discipular, devemos considerar a importância do anfitrião;

Anfitrião é a pessoa que nos recebe em sua residência, que abre as portas do lar e que tem autoridade para preparar o ambiente;

Hoje em Xerém temos uma irmã que quando chegamos em sua casa, as cadeiras estão posicionadas, a água sobre a mesa, durante a semana já convidou os parentes e vizinhos, etc. Ela é um exemplo de boa anfitriã; 

Não é raro, às vezes, quando chegamos ao lar de alguém para realizar os ensinamentos e treinamentos do discipulado, encontrarmos um ambiente adverso, ou seja, televisão ligada, vídeo games, visitas que dificultam o encontro  etc;

Devemos orientar o anfitrião um bom tempo antes, como deve se comportar, criar um ambiente favorável para o pastor, líder ou supervisor da célula.

O insucesso da célula se dá por alguns fatores.  Um deles é a escolha equivocada do lar.  Por exemplo, o anfitrião é alguém que sabidamente não quer e não gosta e reunião na sua casa, porém mesmo assim o líder insiste;

Vale ressaltar que há ainda o excesso de zelo doméstico. Os liderados chegam e o anfitrião começa a exortar para não tocar aqui ou ali, não senta aqui, tira as sandálias para não arranhar o porcelanato  etc;

Infelizmente ainda existem aqueles que querem que as portas fiquem fechadas, fato que constrange os novos a baterem na porta, ou têm que ficar gritando na porta do anfitrião;

O discipulado começa com a preparação... Prepare o anfitrião para receber seus discípulos com boa disposição, alegria e muito afeto;

Deus  abençoe você no seu discipulado, principalmente na escolha dos anfitriões.

                                               IV

PREPARAÇÃO DO LÍDER

Um líder de célula deve se preparar, para a vida, para discipular e para as reuniões, de outra sorte, não vai lograr os resultados desejados;

Considerando que a maioria trabalha secularmente, não podemos aguardar para nos prepararmos só no dia da reunião.  O risco de falhar é grande;

A árvore que não dá fruto será cortada e lançada fora.  Cuidado para não ser uma pessoa infrutífera;

Conheci um terreno que tinha muitas árvores frutíferas, porém as bananeiras não produziam.  Mais tarde fui descobrir que o simples fato de não pegar sol, as impedia de frutificar, ao passo que corrigida esta falha, deram muito fruto.

O que faz uma árvore não dar fruto é a falta de cuidado ou de estímulo no cultivo de tal árvore;

Vamos nos preparar e preparar os que estão trabalhando do nosso lado.