quarta-feira, 7 de junho de 2017

PROFECIA CONTRA OS EVANGÉLICOS

CARTA ABERTA À IGREJA BRASILEIRA  
                (Uma livre paráfrase a Ezequiel 16)
     Veio a mim esta Palavra do Senhor: Filho do homem, confronte a Igreja Brasileira com suas práticas detestáveis e diga: Assim diz o Soberano, o Senhor, à Igreja Brasileira: Sua origem e seu nascimento foram na terra dos Tupis, Tupiniquins, tupinambás, Guaranis, Potiguares, Caetés e Tamoios. Sua origem e seu nascimento foram nas terras colonizadas pelos portugueses. Seu pai era o europeu colonizador e sua mãe, a Igreja Católica. (vv 1-3).
     Os huguenotes tentaram te alcançar no Sec XVI.  Em Pernambuco, os holandeses e na Guanabara, os franceses. Foram dizimados e expulsos. Nos séculos XVII e XVIII a luta aparentemente inglória de calvinistas, luteranos, anglicanos, metodistas e batistas, fez com que o sangue derramado de fiéis gerasse o início da colheita no Séc XIX.  Seu nascimento foi assim: no dia em que você nasceu, não havia a menor estrutura.  Ninguém olhou para você com piedade. Você foi desprezada! (vv 4,5).  Então passei por você e lhe disse: Viva! E eu a fiz crescer. Você cresceu e se desenvolveu e se tornou a mais linda das jóias. Você começou a tomar forma, mas ainda estava despida de recursos. (vv 6,7)
     Mais tarde, no Século XIX, passei de novo por perto de você e vi que já era tempo de uma nova aliança. (v 8).  No início do Século XX, Eu lhe purifiquei, enviei avivamento espiritual e lhe adornei com diversidade de dons. Na segunda metade do Século XX esse avivamento cresceu. Você se tornou muito linda, uma rainha. A partir dos anos 1980 lhe enriqueci, lhe tornei próspera e grande. Sua fama espalhou-se entre as nações. (vv 9-14)
     Veio o final do Século XX e o início do Século XXI e você, por confiar em sua beleza e sua fama, tornou-se prostituta. Você concedeu seus favores a todos os que passaram por perto. Você usou os dons que eu dei para adornar altares idólatras, adorando o próprio homem e se prostituindo com o humanismo e o hedonismo. Você trocou a unção e a oração pelo culto aos homens. Até o alimento da minha Palavra foi desprezado. Coisas assim jamais deveriam acontecer. (vv 15-19).  Você ainda destruiu seus filhos,  sacrificando-os aos seus ídolos. Você abateu os meus filhos, a próxima geração. Você esqueceu seu início, como tudo começou.  Ai! Ai de você! (vv 20-23)
     Em cada Praça Pública e no começo de cada Rua, você construiu santuários luxuosos.  Construiu-os para seu próprio prazer e vaidade, deturpando sua beleza, oferecendo seu corpo com promiscuidade. Você se prostituiu com a Política, com seus políticos cheios de cobiça e provocou a minha ira. Por isso estendi meu braço contra você e reduzi seu território; eu o entregarei à vontade de seus inimigos. Você se prostituiu também com o hedonismo porque era insaciável. Então você aumentou sua promiscuidade também com poder econômico e o consumismo, numa terra de comerciantes. Esqueceu-se da sua essência e tornou-se inoperante ante a injustiça. (vv 24-29)
     Você agiu como uma prostituta descarada. Quando construía seus templos suntuosos em cada esquina, em cada praça pública, você não foi apenas prostituta, por que não recebeu mais paga, mas oferecia recompensas a quem lhe usava. Você aceitou heresias e distorções bíblicas e pagou por isso. Enchendo seus púlpitos de heresias, humanismo, secularismo e mitos. (vv 30-34)
     Igreja Brasileira, você que se tornou prostituta, ouça a palavra do Senhor: Por você ter desperdiçado os dons que te dei em abundância, ter exposto sua vergonha de forma promíscua com o sistema deste mundo, por causa dos ídolos que você mesma construiu e da culpa do sangue dos seus filhos, por isso mesmo vou ajuntar todos os amantes com os quais você se prostituiu, com quem você teve tanto prazer, esse mundo que você tanto amou. Eu os ajuntarei contra você. Tua vergonha será exposta para todos. Tratarei você, como você trata as adúlteras e os que matam seus filhos. Teus líderes conhecerão a vingança da minha ira. (vv 35-38)
     Depois disso, teus próprios amantes destruirão tuas conquistas e destruirão teus santuários luxuosos. Eles te desnudarão, expondo tuas vergonhas e teus escândalos. Eles vão arrancar tuas riquezas e pisar nos teus dons.  Haverá uma multidão contra ti, lançando pedras contra tua história. Tuas casas e conquistas, fruto da prostituição com a qual te prostituíste, serão queimadas no fogo, no juízo. Eles condenarão teus líderes.  Assim, porei fim à tua Prostituição. (vv 39-41)
     Então minha ira contra ti diminuirá e a minha indignação cheia de ciúme se desviará; ficarei tranqüilo e já não estarei irado. (v 42)
     Por você não se ter lembrado do seu início, da sua infância, certamente farei cair sobre sua cabeça o mal que fez. (v 43).  Sobre você cabe o provérbio: Tal mãe, tal filha. Tua mãe, a Igreja Católica também me traiu e matou seus filhos, assim como você, Igreja Evangélica Brasileira. Sua irmã mais velha era a Igreja Norte Americana e sua irmã mais nova a Igreja Sul americana. Você não somente andou nos caminhos delas e imitou suas práticas repugnantes, mas em todos os seus caminhos se tornou mais depravada do que elas. Juro pela minha vida, diz o soberano, suas irmãs jamais fizeram o que você fez. (vv 44-48)
     Ora esse foi o pecado das igrejas norte americanas: elas eram arrogantes, tinham fartura de riquezas e viviam despreocupadas; não ajudavam os pobres e necessitados. Eram altivas e cometiam práticas repugnantes diante de mim. Por isso se afastaram de mim, como você viu. As igrejas sul americanas não cometeram metade dos pecados que você cometeu. Você tem cometido mais práticas repugnantes do que suas irmãs do Norte e do Sul juntas. Tua injustiça as faz parecerem mais justas do que você. Envergonhe-se, pois, e suporte sua humilhação. (vv 49-52)
     Contudo eu restaurarei a sorte da igreja norte americana e da igreja sul americana, enquanto você é envergonhada e humilhada por tudo que fez e que serviu de consolo e alerta para elas. E suas irmãs voltarão para o que eram antes; e você também voltará para o que era antes. (vv53-55).  Antes você menosprezava as igrejas norte americanas e sul americanas, nem sequer as mencionava, por causa do seu crescimento, suas conquistas e seu orgulho. Até que sua impiedade foi trazida a público. Mas agora você é alvo da zombaria daqueles que tinham ódio de você, por se sentirem traídos, usurpados ou abandonados e dos que sempre te desprezaram. Você sofrerá as conseqüências da sua lascívia e dos seus acordos espúrios. Palavra do Senhor. (vv56-58)
     Eu a tratarei como merece, porque você desprezou o meu juramento ao quebrar a aliança. Contudo, eu me lembrarei da aliança que fiz com você, na sua infância, no início da sua história, e com você, Igreja Brasileira, estabelecerei uma aliança eterna. Então você se lembrará dos seus caminhos e se envergonhará quando receber suas irmãs, a mais velha e a mais nova; a da norte e a do sul. Eu as darei a você como filhas. (vv 59-62).  Então, quando eu fizer propiciação em seu favor por tudo que você tem feito (após o sofrimento), você se lembrará e se envergonhará e ficará sem palavras por causa da sua humilhação.

     Palavras do Soberano, o Senhor.       Transmitido por Gilmar Pacheco da Silva – Nova Friburgo-RJ